Tudo fortaleze

Tudo fortaleze
Nascem coisas de onde menos imaginamos.

segunda-feira, dezembro 31, 2012

Falas do Coração.


O que dizer de meu coração?
O que falar sobre meu corpo?
O que os olhos emitem?
Já foram usados,
Estam desgastados.
Mas, ainda estão bem conservados.

As páginas do livro romântico da vida, o que elas guardam?
Páginas de um amarelo papiro,
Envelhecidas,
Rasuradas,
Boradas por algumas lágrimas.
Tem cicatrizes dolorosas 
E páginas  adoráveis.

Mente dividida em vários acervos privados.
Lembranças fotográficas,
Dispostas de um forma artística,
Documentas pela mente e coração.
Um acervo imenso com páginas nunca lidas.
Um misto de Dante.

Alguns capítulos da minha infância
Passo horas à recordar, 
A inocência, 
A Coragem, 
A docilidade ...
Outros capítulos gostaria de apagar
(...)

A fragmentos recentes de pessoas que se tornaram especias.
Amadas por mim.
Companheiros de jornadas,
Irmãos de coração.
Que me dão inúmeras alegrias e as compartilham-as comigo.
Algumas delas demostram seu carinho em pequenos gestos
Ao limpar o chão para que possa andar de pés descalços.
Sou imensamente grata por estarem nessas linhas, minhas pessoas especiais.

Há um novo acervo!
Algumas páginas em brancos.
Um capítulo novo a escrever.
Com título grafado com seis letras e quatro nomes.
Ele pode ser o capítulo mais belo!
Um belo trecho.
Um assunto a ser escrito por a quatro mãos.

Esse é o meu coração!

Príncipe das Mares

Príncipe desgranhado.


Não tem cabelos como trigo


Sua rota é incerta.


Seu caminho floresce no riso.


Tradução em essência.


Cativo são seus olhos.


Rondas planetas e hemisférios desconhecidos.

Lírios desabrocham de suas mãos.


A rosa que desperta sempre bela.


Puro e brilhante com as estrelas..


Locomove-se como um comenta.

Atraio e seduziu a raposa!


E vós cativais a cada dia mais.


Doce pequeno príncipe!





domingo, dezembro 30, 2012

Fazer Amor

Fazer amor requer arte inconsciente,
Transcende o que é feio ou bonito.
Fazer amor requer a alma despida,

Requer confiar, requer quer o mais.
Transcende a sexualidade e sensualidade.

É ignorar todos os conceitos,

É quebrar as regras, 
É fazer ecoar o silêncio.
É entregar-se como quem se doa a si mesmo.
Não tem vínculo algum com o lado físico.

Sacia alma, acalma o coração e explode no corpo.

Fazer amor é a divindade.
Divindade que advém do mais nobre dom da vida: a própria vida.
É enlouquecer a anatomia.
Não importa a forma.

Não importa o lúdico.
O que importa é não importar com coisa nenhuma.

É fazer de inconcebíveis palavrões,
Um lindo poema entre as paredes.

Um escorregar entre mãos,
Um entrelaçamento de pernas.
Um eco de sensações.


Fazer amor é fazer do corpo
Um banquete de sonhos,
E fazer da alma o berço do gozo.

É onde as pontes se cruzam.
É amor que transborda pelos poros.

Fazer amor é loucura diária,
A insanidade de curvas,
O berço da magia,
A taça mistério,
O líquido que transpira.

Fazer amor contigo quero!
Cálice sagrado do altar que 
Guardado nos sentimentos.

A Maçã sem sabor. ( Goodbye my mother)



Você jamais me amou ou aceitou meu jeito de ser.
Eu não podia te odiar, mas você sim !
Minha raiva se tornou insana;
Tinha pesadelos ...

Eu queria gritar mais só saia grunidos.
Achava que estava enlouquecendo.
Será que você já importou com alguém ?

Você foge de tudo, de todos.
É emocionalmente incapaz!
Você me fez sofrer e ser infeliz.
Você me detesta, nós detesta, detesta a todos.
És fechada dentro de si mesma.

Olha somente para o seu próprio umbigo.
Eu a amava, mas você me acha repulsiva!
Você conseguiu me ferir, deixou marcas para o resto da vida.
Assim como você está ferida quer que eu comparti-lhe dessa ferida.
Tudo que é alegre, feliz tem vida você sufoca!
Você falava da minha raiva, ódio, remorso...mas o seu não fica atrás !

Eu era pequena, dócil, carinhosa, alegre, amorosa...
Você me escravizou, porque eu queria seu amor!
Você dizia que me amava, mas é especialista em discursos.
Isso é muito perigoso!

Mãe e filha, que mistura terrível!
De sentimentos, destruição, confusão ...
Tudo é possível e tudo se faz possível ?

Diz ajudar, somente para mais tarde poder inflar o peito e dizer: “ – Eu ajudei !”
Que tipo de bondade é essa?  Será mesmo bondade?
Bondade é aquela feita de coração, sem que haja cobrança ou o ego saltando para fora.
Isso é perversidade, é ruim, e não dado de coração.
Saberá o que significa a palavra perdão?
Diz saber e que já perdoou.
Porém, não perde a oportunidade de usar a palavra PERDÃO usando-o de forma incorreta e sim verdadeiramente sentir.
Quem perdoa não grita ao quatro ventos.
Quem perdoa fica para si, guarda para si, se sente mais leve, mais completo.

As cicatrizes, a amargura, a raiva, repulsão da mãe são passadas a filha.
As falhas da mãe são pagas pela filha.
Uma vez ela não tendo a humildade de admitir seus erros.
A infelicidade da filha é a felicidade da mãe.
Parece que o cordão nunca foi cortado!
É isso?

Será que a infelicidade da filha é triunfo secreto da mãe ?
Sim, pois os olhos dá mãe ganham brilho.
Será que a minha tristeza, os meus erros, meus fracassos...
É a sua satisfação secreta?
Ou nem tão secreta assim, pois esboça felicidade em meio as minhas derrotas, com ar de felicidade quase visível e hoje notado.

A somente uma verdade.
Não há desculpas.
Assim uma verdade sua se torna mentira.
De você não há perdão, não há amor, não há esperança.

Posso ouvir e adivinhar suas palavras:
- A culpa não é minha! Mas para você, pode haver uma exceção.
Errei, sim! E agora quero acertar.
Estou farta de mentiras, desenganos, desilusão, torturas psicológicas (...) de mendigar algo que não há como ter.

Parece que você fez um acordo com vida.
Mas um dia, vai ver que esse acordo é unilateral.
Estou enfrentando meu passado, minhas dores, minhas cicatrizes, meus pesadelos, minha mente...
Descobri que a maior parte da vida que passei a seu lado só me fez triste e infeliz.
Isso não quero para mim e para o meu futuro.
Chega, basta, quero ser feliz!
Reconstruir o pouco que existe dentro de mim.
Amenizar o sofrimento.

Nunca vamos ser felizes juntas, pelo menos eu não vou  ser.
Isso dói.
Já que não quer a minha felicidade e não podes ficar feliz com minha.
Eu vou atrás da minha.
Nem que para isso tenha que desistir de você, de ter seu amor de mãe.

Por isso, é com muito lamento que digo: - Não quero mais !
Se para o amor, a felicidade, a alegria (....) tiver que abrir mão de um amor, carinho, orgulho e admiração que nunca tive e que  tinha a esperança de um dia ainda ter.
Agora, hoje posso dizer:

ADEUS, minha mãe !





O Beijo


Boca com boca.
Pele com pele.
Segure meus braços,
Suspire em meus ouvidos,
Arda em desejos.

Sensação extraordinária,
Seus lábios juntos ao meu.
Corpo quente,
Pele macia,
Fervor no sangue.

O beijo,
Sonhado,
Esperado,
Imaginado.
Mas, ainda não dado.

Corpos*


Beijo seu corpo.
Procuro partes sensíveis.
Encontro seus mistérios.
O perfume atrai,
O néctar sugo.

Escorro entre suas mãos.
Lábios,pernas por que não?
Minha língua te fustiga, instiga.
Suavemente me pegas.

Suspiro profundo.
Mágico!
O corpo vibra,
Alucinação [...]

Sinto suas mãos
Fortes;
Suplicas,
Ardentes.

Nosso momento.
Nosso furor.
Nossa paixão.
Nossa suculência!

Inocência perdida
Em êxtase no Nirvana.
Anestesiados, exaustos, apaixonados.
Tocados pela desenfreada loucura de um amor entre corpos!

Peco


Doce pecado;
Resistir já não poço;
Não quero;
Imploro, pega-me;

Olho e quero-te;
Correndo ao meu mar;
Mãos, sussurros,
Encantos [...]

Profundo

O homem que amo,
Tem uma aura tão profunda,
Que envolve todo o ambiente.
Quero que me tome em seus braços.

Meu amor parecer pequeno.
Pela grandeza do seu ser,

Pelas feridas em seu coração.
Tem um olhar de malícia,

Calmo,
Terno,
E cheio de mistérios.

Que a todo instante me atiça.
Sem precisar dizer dizer meu nome,

Fico a imaginar quando vai me engolir com seus lábios.
Deixar louca sem me mexer.
Somente ouvindo o som de sua respiração e

Sentindo o toque quente de seus lábios.

Tens um toque de doçura,
Que lhe dá a candura.
Que sempre quis ter,
Quando fala é alegre e terno.
É a coisa mais pura;
Que o amor pode ser!
É puro desejo e coração.

Desejo por mim floresce escondido.
E em mim faz nascer a flor que te deseja.
Parece menino,
Com seus ciúmes por muitas vezes.

Doce, moleque e travesso!


Me fascina!
Até sem querer!
És lindo!

Por dentro e por fora.Amo agora,
Ele sente que sim.
Sente meu carinho para si.

Ai de mim!
Sim, ele é perfeito para mim.

Fatos.


Confesso tenho vontade de gritar.
O que queres? Pois, não sei 
A não ser que diga, não terei como saber.
Não roube o tempo que já foi perdido e pouco existente!

Quero a verdade.
Perdi a bússola e que dava a orientação.
Diga algo!
Caso contrário, quero distância.

Quero palavras e não apenas desvendar letras sem sentido.
Não peço nada e perco o destino.
Achar o que ainda não achei e  quem sabe talvez não encontre.
Queremos apenas cumplicidade, serenidade a cada olhar. 
Ter o nível de comprometimento.

Minha raiva transpassou  o seu ser!
E o mágoa? 
Penetrou a mente e corpo.
Por não acertar o meu coração.
Ainda há solução.
Porém, como saber o que queres; 
se a cada dia queres algo diferente!

E agora?


E agora?
Tudo o que lutamos para conseguir
perdemos em segundos.
Foi retirado sem piedade.
Demoramos tanto para conseguir o que almejamos.
Então, entramos em buraco onde ele começa a nos sugar para fundo.
Não dá opção alguma.
Ficar ser teto.
Ao relento, sem nada a não ser com a dor de seu fracasso.
O inferno está na Terra, não no limbo!
Ignorância em pensar que existe algo além depois do fim.
Inferno e céu é todo dia, da noite [...]
Heróis para que eles servem se não existem? 
Fruto de imaginação, de frustração.
Somos covardes dominando pelo medo.
Agora, como pensar em futuro se não há presente?

Seduzir-te.


Quero amarrar suas mãos.
Vendar seus olhos.
Aguçar seu olfato.
Arrepiar seus pelos.
Estremecer seu corpo.
Fazer -te implorar pelo meu.
Enlouquecer seus olhos.
          Misturar seu suor.
   
          E gemer em silêncio !

Clandestino



Olhar sem ser visto.
Como um clandestino em seu próprio destino.

Há espera do sentido,
De descoberta,

De sair da clandestinidade
A procura de uma ponte, de um elo.

Algo que traga sentido.
Faça sair do obscuro,

Ter o desfrute da natureza,
Do frescor d'agua,  de ter sentidos.

Da entrega ...
Enfim, descobrir os prazeres na  essência natural.

Fraqueza



Medo de envelhecer.
De não ser feliz.
De não trazer felicidade.

Medo da solidão
Medo da morte.
Da ilusão.
Da rejeição.

Medo da vida.
Medo de você.
Da entrega.
Do corpo.

Do não voltar.
Do que não fiz.
Do hoje, do agora.

Futuro imediato não tenho.
Tenho cicatrizes do medo.

Chance


Te quero comigo sendo a aurora dos meus dias;
Uma chance de fazer enrolar seus cabelos; 
Cafuné quero lhe ofertar.
Ver adormecer com suspiro no ouvido;

Não importa o que os outros digam;
Ser o céu e o inferno;
Ser noite e dia;
Amor e paixão;

Sua estrela;
Seu porto seguro;
Navegar contigo e cruzando os oceanos.
Ver a lua bilhar e sol nascer;

Tesouro dos meus olhos;
Quero me entregar nos braços; 
Aproveitar os quatro carinhos;
Deitar diante do mar;

Fazer das estrelas o teto lunar; 
Areia és o lençol;
Ondas como sinos a quebrar;
Reacender a vida;

Ponte dos sonhos
Poesia do meu verso;
Sorriso do meu encanto;
Ternura do meu amor !

Dar-se


Amor de verdade,
Uma relação consistente,
Uma felicidade existente.
Quero o início,
Uma reconstrução,
Construir a vida,
Quero entrelaçar, juntar nossos caminhos.

Cansei de à tempos de corações aventureiros.
Certo mesmo é o amor que trago no peito.
Pedido as estrelas,
Um sentimento real,
Cúmplice no cotidiano,
Respeitando o silêncio e a lágrima.


Isso vale a pena ser sentido,
Vale ser vivido.

Troca de sorriso,
Troca de alegrias,
Generosidade sentida!
Quero vitória para o amor.
Crescimento junto e merecido.

Entregar-se:
Ao amor,
A felicidade,
A verdade,
A confiança.
Entregar-se ao seus braços.

Acordes.

Fogo com marte.
O silêncio de na mente.
Vozes angelicais.
Coração preenchido de melodia,
Vida, sonho e amor com  Thomas Tallis,
"Scholars Spem in Alium"  se mistura a imaginação.
Sejas o meu anjo,
Afaste os demônios.
Faça-me vibrar com os acordes da música.
Sendo como o renascimento após a dor,
Seremos os oito cores em cinco vozes.
Mostraremos toda a nossa raiva e mágoa
Vamos a absorver toda a graciosidade,
Faremos do sal o nosso açúcar.
Absolvendo todo o pecado feito,
Todo sofrimento passado.
Criaremos o nosso céu dentro da terra.
Com graças de melodias pequenas
Cantaremos à alto do céu,
Cumprimentaremos a noite,
Acolheremos o amor e alegria
Criaremos a nossa felicidade.


Cristal

Que as coisas aconteçam a qualquer hora.
Sermos todos sonhadores.
Coração como cristal,
Vibrando a cada toque sutil.
Que o tempo pare.
O tempo se faz indiferente.
Um castelo de razões 
Quebrando a ponte de gelo.

sábado, dezembro 29, 2012

Seu Sorriso



Seu sorriso me desarma.
Alegra o coração. 
Se sorrido abre-se feito rosa.
Me corra!


Seu sorriso faz parar no tempo,

É a fuga para solidão.
Em contemplação.
Como se tivesse o dom da hipnotização.



Seu sorriso abre
Abre portas infinitas,
Para um mundo de sensações
Que me faz sonhar desperto
Com intensas paixões.

Seu sorriso é a esperança
De uma nova vida,

De que toda dor e tristeza
Estão definitivamente perdidas
Na sombra de tua beleza.

Quando chegam as chuvas.
O rio depressa, cresce.
Sem medo de minguar
Engorda e se enfurece.
Há tempos esperavas por você.
Quero sentir a sua respiração.

Tocar em seu peito.
Ouvir as batidas de seu coração.

Quero respiração ofegante,
Olhos brilhantes,
Cabelos amassados,
Voz descompensada.
Tomar banho em seu suor.

Quero provocar a sua íris.
Iluminar seu rosto,
Quero amar-te,
Sem razão e
Intensamente.

Trazer a maresia para os dias.
O calor na face gelada.
Aquecer como o sol as noites.
Teremos a cada dia uma razão.
Uma razão para viver,
Uma razão para sonhar,
E amar...


Dias e Noites


Meu desejo anseia  por ti,

O prazer que seu corpo pode  oferece.
Tenho sede de seus lábios.

Minha boca fica a queimar.
Tenho fome de seu Sexo,

Fome de seu corpo,
Sedenta por suas mãos,
Carente por seus toque.
Meus poros dilatam com sua voz..
Lateja, inflama, ardem,suplicam. 
Minha Alma quer brindar com sua.
Meu corpo quer se  agita aos seus sussurros. 
Meu prazer quer reagir 
À aproximação de seus toques.
Toque de mãos fortes, 
Com caricias suaves.Me vejo em delírios.
Você é o que eu quero.
Você tem tudo que preciso.

Tens amor,
Tens paixão,
Tens o fogo que me realiza.

A alegria que me encanta,
Quero descanso em seu corpo.

Por vários dias e noites.

O Silêncio que escondem.

Trazer a tona seus sentimentos.
Falar de suas dores e  momentos
O silêncio que vives a esconder
Que não se aniquila com o tempo.

Seus olhos não mentem
Ainda que procure desvia-los no olhar
Pois eles sempre estão a te entregar.
São emoções que a alma sente
São lembranças que não vão com o vento.

Seu olhar é o retrato de seu coração
Onde está guardado varias estações.
É saudade que a alma clama.
É a dor que arde em chamas.


sexta-feira, dezembro 21, 2012

Tração*

Quero te rasgar com um olhar,
Beber em seu corpo,
Tatear sua carne,
Sentir o calor da pele.
Ter sua proximidade revelada.
Ter os meus neurônios estimulados,
Sinapses entre nossas mãos, coxas, órgãos em excitação.
Impulsionados pelo desejo chamado atração.

Borboletas

Borboleta presa em sua rede.
Sensação de embriaguez.
Uma dose de encanto.
Outras de mistérios.
Asas que balançam em ritmo frenético.
Um doce arranjo musical.
Filtro de luz suave.
A lua nos banha.
Derramar a minha alma como música em seus sentidos.
Uma batida sensual e lenta.
Você me enfeitiçou.
Uma mariposa em seu jardim secreto.
A espera de doses de carinho,
De uma louca declaração;


Chuva.

Cada gota penetra na carne,
Limpa o corpo,
Desintoxica os pensamento.
Acalma a alma, lhe devolve um sorriso.

Cada gota chega ao coração.
Que sacia sua sede,
Que bebe na fonte da pureza.
Espalhando pelo corpo.

Cada gota liberta o pensamento.
Tranquiliza a emoção.
É êxtase, é um clímax.
Alma encontra a felicidade.

Encontra o prazer nos pingos da chuva.




Fim do Mundo - 21-12-2012.


Que venha a Era de Aquário!
Com uma liberdade verdadeira.
Com autoconsciência e o real valor humano.
Que traga a cura para humanidade, que carece de remédio.
Uma Era de escolhas, de libertação, de compaixão para o seu próximo, amor incondicional.
Uma liberdade de olhar igualitário.
Tempo de sair da escuridão, transformar a dor, de não ter desconfiança.
De crer na força do universo, na sua própria força.
Uma Era para entrar em sintonia com nosso eu, pedir sabedoria nas escolhas, agir com responsabilidade.
Então, é chegada a hora do renascimento, dos sentimentos verdadeiros, de mudar sua energia. De transmutar!
Eis, a Renovação:reformulação de atitudes, de pensamento, de sentimentos.
De estarmos atentos a nossa essência e verdade interior.
De alinharmos o coração e a mente.
E a cima te tudo,termos o amor como regente principal para um caminho melhor.
 

quarta-feira, dezembro 12, 2012

Parede*

Olhos brilham,
Ardem,
Transmitem desejo,
Exalam tesão.

Corpo que se aproxima.
Um gingando excitante,
Quadril que dança,
Respiração que paralisa.

Sinto o frio da parede,
Mãos prendem meus pulsos.
Sua respiração é ofegante!
Lábios que se abrem.

Mordidas macias na orelha,
Língua que envolve todo rosto,
Beijos molhados embriagados 
De puro prazer.

Sussurros,
Gemidos, 
Ecos de gozo
Matam o silêncio.

domingo, dezembro 09, 2012

Sinfonia*


                                                            Deixa essa primeira nota tocar
       tua pele;
       com suas aragens de carícias plenas ao enlouquecer e estaziar seu eu.
       Deixa-a mergulhar no teu olhar,
       tomar conta de teu corpo
       e na tua alma emaranhar-se.
       Perfumar teus sentidos e cabelo;
       Adoçar teus lábios;
       Colorir teus sonhos e desejos;
       Dar-te afago e delírios ao anoitecer.
       Dar tom e sentido a tua vida.
       De sua paleta de arco-íris
encantarei com serei todas as cores.
       Solta-te!
       Deixa teu coração pulsar
       no ritmo apaixonado da natureza e saberás o que é a vida oferece e prazer que dá!


Pensamentos


Sentada,
Olhando a tela do computador,
Uma melodia suave,
Levada a pensar em você.

Uma busca leve para encontrar-te;
Fecho meus olhos,
Encontro seu sorriso,
Sinto que encostas suas mãos.

Sinto sua pele,
Aproximo suavemente meu rosto ao seu,
O sangue borbulha,
Permaneço de olhos fechados.

Então abro os olhos,
Foge sua imagem,
Foge a sua presença imaginária.
Mais permace o sonho, o desejo de continuar te amando!

Do amor!

Amar você é o principio de tudo
É viver sonhando
É sonhar amando
Acreditar que tudo é verde
Enquanto lhe mostram o azul

Amar você é a chuva caindo
São as flores se abrindo
Os pássaros cantando
Tempestade rolando
E você achando tudo colorido

Amar você é quase nada
É tudo em cima
Verdades e mentiras
É a vida que caminha
É a natureza sorrindo

Amar você é o que me faz viver
É o que me faz sofrer
É crer no impossível
É chorar sem querer

É sorrir e amar
É caminhar entre as nuvens
É o que me faz querer
Ter apenas você.


Grava-me


Grava-me;
Como um selo em teu coração;
Como um selo em teu braço;
Pois o amor é forte, é como a morte !
Cruel como o abismo é a paixão;
                                                         Suas chamas são fogo!
As águas da torrente jamais poderão apagar o amor, nem os rios afogá-los.
Quisesse alguém dar tudo o que teu para comprar o amor.
Seria tratado com desprezo. Não despertais, não acordais o amor até que ele queira !
Quem é tua amada mais que outros, ó mais belo dos homens!
Quem é tua amada mais que os outros, para assim nos conjurares?
Onde anda a tua amada ó mais belo dos homens? Aonde foi tua amada?
Iremos buscá-la contigo!
Meu amado desceu ao meu jardim aos terrenos dos balseiros, foi pastear nos jardins e colher açucenas.
Eu sou do meu amado e meu amado é meu !

sexta-feira, dezembro 07, 2012

Um estranho no ninho


Você se sente um estranho no ninho?
Ou então você parou em algum momento da sua vida e questionou sobre o seu objetivo de estar neste planeta?
Algum dia a gente acorda e parece que tem algo preso em nossas mentes, algo que precisamos dividir que precisamos pensar ou transmitir.
Algo que lhe pareça grandioso, simples e verdadeiro.
Então você não acredita que é só mais um perdido nessa imensidão você Pensa!

- Você tem sentimentos?
- Você Sonha?
- Você procura felicidade na vida?
- Você acredita que pode atrair mais pessoas como você?
- você pensa o que outras pessoas estam fazendo nesse exato momento.
- você introduz a filosofia ao pensamento.
- você indaga questões mundanas,
- você acredita em utopia?

E pode por que você pensa diferente?
E por que as pessoas não pensam, ócio de refletir permitiria um mundo um pouco melhor!
Não vamos dividir nossos Sonhos, nossas duvidas, nossas idéias, nossas Energias...
Temos de somar-las.
Então estamos aqui é porque procuramos algo, procuramos respostas para nossas perguntas;
Mais do que vemos? 
O que fazemos?
 PENSAMOS DIFERENTE, ou simplesmente PENSAMOS?

Porque nessa viagem do universo precisamos EVOLUIR,