Tudo fortaleze

Tudo fortaleze
Nascem coisas de onde menos imaginamos.

terça-feira, junho 07, 2011


Furtar-te quero;
Não apenas teu corpo.
Quero furtar-te os sentidos,
As palavras, o fôlego, os males ...

DICAZ




Podemos ter tudo ou nada
Alguns olhos não enxergam
Temos uma identidade o que nos diferencia

Somos seres presentes e unipolares
Por  comodismo.
Nunca dispostos a sair do que já se conhece.

Desbravar, transpor a linha do que é aceitável
Sermos capazes de discernir.
De ser capaz de causar diástoles diárias na vida.

É como estar morto para os que rodeia.
Um egoísmo egocêntrico.

Viva os olhares que percebem e compreende a diferença.
E palpitam sua vida com diartrose.

Fresta


Te vi através do espelho.
Você se olhava como quem  se descobria.
Como quem via um novo eu, um novo mundo.

Vi que te olhas como te olhei pela primeira vez
E fiquei a te contemplar pela fresta.
E ainda mais e mais .... 

Mente


Pausas tomam conta da mente
O Silêncio penetra
Posso ouvir as batidas do coração

O vento que sopra e balança a árvores
Deixou me levar belo balanço  do vento
Percorro seu trajeto.

Seu ritmo me envolve de tal forma
Sentido cada parte a se mover com a sua leveza
Como se estivesse andando em balanço.

Me sopra então cabelos e rompe com silêncio
Olha o céu ...
Todas as estrelas estão a brincar

Viagem silenciosa que deixei me levar
E ainda estou sentada
Em meu balanço com você a me assoprar, vem brincar ! 

Falta-me !



Meu corpo tem saudade do seu frescor
Do gosto
Desse cheiro que me atordoa.

A volúpia em que ti é grande.
Das tuas direções

Meu corpo tem saudade
De seu temperamento frágil
Calor salgado que sinto.

Meu corpo quer se embebecer
Nesse turbilhão de água

Quando estou contigo
Sento que faço parte de algo  muito maior
Me sinto cúmplice de tuas armadilhas e saciada pelo seu encanto. 

Despertar


Desejos seus olhos fixamente a me desvendar,
Suas mãos a percorrer meu corpo
Despertar a inocência em forma de beijos molhados
Enrolar teus cabelos e suas pernas

Meu desfrute a te olhar,
Invadindo sua mente, seus olhos brilhantes
Sentir ter coração acelerar
Descarregar meu mais profundo e profano desejo de te amar

A imaginação dispara
Descobrindo as sensações de seu corpo
Beijo,
Toque ...

Expostos estamos
Nossos mundos uniram-se como que por completo
Senti que já não podemos esconder.
Somos dois corpos que clamam por ser  um só.


Pudor de inocente de entranha em seu ser, me cativa !
Passar as noites inteiras a conhecer os caminhos sinuosos
Quero gozar de sua sapiência misteriosa
Levar-te para caminhos nunca antes navegados

Estimular sua alegria,
Caldeirão de emoções a borbulhar
Deixar nossa marca na areia
Ter como coberta as estrelas e manto negro na meia luz da Lua.

Quero encontrar-te sempre sorrindo.
Cotidianamente sentir-te alegre nessa trilha de rumos incertos.
Admiro-te !
Quero lhe meu bem teu bem.