Tudo fortaleze

Tudo fortaleze
Nascem coisas de onde menos imaginamos.

segunda-feira, maio 31, 2010

Versos Nossos

Versos escritos para você
Para mim,
Para ti,
Para nós.
Para mostrar o quanto gosto.
Para aproveitarmos ele.
As palavras ditas podem serem esquecidas ou levadas com o vento.
O corpo penetra sua mudez, timidez e embriguez sentidos.
Quero magnitude,
Quero algo distinto.
Quero rasbiscos, rimas, versos ...
Penso no infinito que alçe onde quero estar !

Seu

Seu sorriso entra em meus poros;
Sua respiração me arrepia;
Seu cheiro me alucina;
Seu gosto me desatina;
Seu brilho me encanta;
Em suas curvas quero transitar.
Te jogar de encontro ao chão.
Mordeu dedos.
Acalmar seu fulgor.
Ânsio por sua voz que me faz vazão a minha audição.
Quero "segredos de liquidificador ".
Misturar meus sonhos aos seus.

sábado, maio 29, 2010

Outono

O que seria de nós sem "Outono "
Seriamos folhas secas caindo ao chão.
Araúcaria sem pinhão.
Quentão sem vinho ...
Cadê a Festão de São João ?
Não faria graça já que não tem cor.
Outono fervendo nas veias como fondae de maçã !

sexta-feira, maio 28, 2010

Cara do Amor.

Tens cara de amor, o perfume e a cor de teu doce sabor,
E mesmo sabendo o dom, desejo tua pela e cor.
Tens o dom imenso sobre a posse de minha anatomia, de meu credo, de minha visão e vísceras.
De me deixar encantado seu ingênuo pecado, tácito sobre meus olhos a flamejar !
E aquele lado bom  que farejo, te quer para todo sempre em humilde cama sem seda e na espera 
 apaixonada tem que clama por ternura infinita.
Gosta de olhar e sentir,tocar, beijar, lamber !
Que este corpo escultural ,
Cheio de curvas perigosas,
maliciosas e semi-ocultas com segredos que ainda devo desvendar.
Sob vestes maravilhosas, sejam elas combinas ou
descoordenadas, cheirosa ou com suor.
E ainda me faz sorrir a cada gesto engraçado, a cada gesto meigo que trazes contigo 
É assim que te vejo meu doce e amargo amor !