Tudo fortaleze

Tudo fortaleze
Nascem coisas de onde menos imaginamos.

quinta-feira, agosto 30, 2012

Olhos Vazio


Qual o problema?
Os olhos estão vazios,
As lágrimas começaram a cair.
A esperança me abandonou.
O silêncio preenche meu coração,
Minhas noites e dias.
As ruas estão desertas de folhas secas,
As estrelas já não dançam.
Não sinto nada,
Tudo esta amortecido.
Sinto-me fraca,
Sinto que posso cair a qualquer momento,
E não sei se terei forças novamente para levantar.
Sinto que dessa vez posso me tornar vazia,
De todos os sentimentos me deixarem.
Você pode saber tudo,
Você pode não me deixar cair  no esquecimento.
Quero ouvir a vida ao som de flauta,
Encontrar a felicidade nas notas de uma gaita,
Voltar a sonhar nas cordas de um violão.

Te necessito


Cabeça cheia;
A mente se esvaziam;
Olhos piscam;
O coração fica apertado.
Abra a porta!
Entre, por favor!
Esteja  comigo...

Olhos infantis


O mundo pode ser tão colorido,
Pode ser doce.
As nuvens podem ser algodão doce!
Os sonhos como sorvete de flocos.
Ruas feitas de Maria-mole,
Postes de pirulito,
Decoração festiva com cheiro de infância!


terça-feira, agosto 28, 2012

Ao seu lado




Abra as janelas do coração.
Sem medo da luz que pode te cegar.
Por ter passado tanto tempo no escuro.
As gotas de chuva vão encontrar o sol.
Vamos formar um arco-iris e escorregar em seu arco.
Brindar a alegria e felicidade.
Cores mágicas para misturar.




segunda-feira, agosto 27, 2012

Eu & Você


Liberte a mente,
Deixe as cores se espalharem,
Seja natural,
Seja real.

Podemos balançar a poeira,
Nos divertir com a lua,
Brincar com sol,
Fazer os peixes voarem,
O mar nossa moradia.

Pense nisso ?

O sol toma banho todo dia!
Não somente molha o cabelo.
As estrelas brilham a noite,
São fogos de artifícios que soltam faíscas.

Pense nisso ?

Vamos abrir nossas asas,
Abrir nosso coração!
Vamos dançar e amar,
Nos juntar a natureza.


Sensibilidade


Olhe em sua mente,
Olhe em seu coração
Olhe ao redor,
Pinte,
Imagine,
Cole,
Pregue o amor.
Seja sensível!

Botões


Como um bom sonho,
Quero despertar,
Despertar um doce anjo,
Voar como as borboletas sobre as flores,
Sobre o mar,
Encontrar o mundo feito de simplicidade,
Pureza, respeito,
Dedicação
E amor.
Isso  ondas de esperança;
Nadar com clareza.
Aurora de meus sonhos.
Botões floridos de uma estação.

domingo, agosto 26, 2012

Conforto de braços


Uma torrente de perguntas inocentes,
Uma risada pode romper o silêncio,
O sorriso iluminar a escuridão.
A lua que dança sobre o lago,
Um ombro em meio a multidão,
Deslizar no rio,
Ir  junto a correnteza!
O conforto de seu toque,
Sua voz como uma doce música soando em meus ouvidos,
Acalmando meu coração em aflição.


sexta-feira, agosto 24, 2012

Pérolas


Gotas frescas de orvalho,
Repousar nas folhas com a sua pele,
Um presente dado pelo universo,
Refrescar-se com a brisa o calor do corpo.
As pérolas são delicadas,
Brilham com os olhos interiores,
Não perca a pérola.
Ela é uma estrela que caiu no mar,
Brilha no inverno,
Na chuva,
Até mesmo nos grandes temporais.
É banha por jardim de cores,
Que reflete o dourado amendoado do olhos,
Pois, podem  conseguir  libertar seu corações das trevas
E se entregar ao verdadeiro sentimento que envolve os seus olhos.
E nos aquecer  para todo o sempre!

Espero que algum dia você me pegue 
em seus braços e me dê a segurança!
Posso não demostrar ,
Mas meu coração é seu!
Ele se afunda quando percebe a tristeza em seu olhar.

Infância


Breves dias de infância,
Dias que jamais voltarão,
Sentimento vivo e puro,
Gotas de tintas que se colorem

Plenitude

Homens que trabalham como máquinas.
Pensamentos mecânicos,
Perguntas que permanecem em nossa mente.
O mundo tem um lema?
Uma luta maluca para chegar à um destino.
Uma luta contra nós mesmo.

Paradigmas a serem explorados,
Paradoxos verbais e emocionais.
Somos escravos de uma liberdade irracional.
Quero ter reunião com as borboletas,
Debater com as árvores,
Voar com os pássaros,
Nadar com mar,
Ver o horizonte,
E saber que quando voltar você estará lá.
Lhe contar a história de que a gota da chuva me confidenciou.
Mostra-lhe  como é bom brincar com vento.

E pintar um mundo novo em tela azul junto a você!

quinta-feira, agosto 23, 2012

Dança.

Sentir o balanço,
Sentir a música,
Expressar o sentimento,
Fusão de corpos.

Um ritmo desenvolvido.
Linguagem corporal.
Uma graça suave,
Um baile,

Fantasia,
Magia,
Um sorriso ritimado.
Envolvente é dança!

Dança dos enamorados,
Dança dos bosques mágicos,
Onde os pés flutuam
E o céu não é o limite.


Pensar


Verbo,
Viagem,
Mergulho,
Imaginação.

Uma percepção da vida.
Um instinto de quem vive,
Linguagem cerebral,
É estar vivo!

terça-feira, agosto 21, 2012

Guardião

O sol nasce no horizonte,
Planície em verdade.
Uma neve nos ombros.
Voar pelo campos.

O cheiro de vida,
Alegria nas flores,
Plantio regado com a esperança.
Dia sem noite e noite sem dia.

Temporal de felicidade,
Raios que trazem a claridade.
O despertar de sonhos,
Os sonhos que se tornam reais.

Qual sua real importância

Qual o valor da existência?
A vida consiste em fatos, argumentos ...
Em acertos e erros?
A importância do caminho trilhado existe?

A ausência pode ser importante!
Pode trazer alegria e também o sofrimento.
Se conhece a verdadeira face que cerca.
As máscaras caem!

As ilusões viram pó.
Uma caixa chamada esperança, foi enterrada!
Os sentimentos se esclarecem.
A ingenuidade chora!

Uma catástrofe existencial pode ocorrer.
O mundo existirá sem você!
Você não é tão importante,
É substituível, é sem importância!

Sua ausência
Não será notada,
Não será sentida!
Você não é tão importante quanto achava.

Sol

Amarelo invocação.
Poder de atração.
Pense rápido,
Veja o óbvio.

Faz arder os olhos.
Sua luz forte,
Intensa é sua força.
Uma estrela de vida!


segunda-feira, agosto 20, 2012

Escrita em duas mãos.

Riscos,
Rabiscos,
Traços mãos feitos.
Tracejado trêmulo.

Firme,
Precisa de ser a escrita.
Força para punho
E coragem para escrever.

domingo, agosto 19, 2012

Cavaleiro Negro

Carne e espírito.
A noite uiva,
Fagulhas de sol.
Forte e profundo são as marcas.

Votos antigos,
Graça dada pelo universo.
Houve uma maldição feita.
Não conseguem se tocar.

Sempre juntos,
Distante e sem toque.
O sol é sua  lua.
Lua é meu sol.

Magia

Uma noite chega,
Encanto a mais.
Solida, 
Brilhante e amante.

Repousar em ti,
Penetrante és tu,
Sua voz balança a alma.
Percorre as veias.

Estrada

Céu lilás.
Passos leves,
Natureza silenciosa.
Dias e noites iguais.

Treze luas de pratas.
Eras e eras.
Atravessam tempos.
E o caminho se cruza.

Perspectiva

Perspectiva de um amanhã que se se faz ausente.
O mundo de formas inconstantes.
Realidade surreal.
Caminho de folhas secas.

Representação sem palco,
Sem plateia,
Coadjuvante sem história.
Brilho esquecido na memória.

O sol se poe,
O silêncio vem com à noite,
Adormece os sonhos,
A alma enfraquecida.

Meus olhos estam abertos,
Quero a magia devolvida,
Ver os verdes campos,
Ter a simpatia do cantar dos pássaros.

Quero ter a timbre doce em meus ouvidos,
Sentir o toque delicado,
Ser um falcão, ver o meu anjo ...
Perspectiva para futuro.

sexta-feira, agosto 17, 2012

Noturno

Despertar-te com gemidos,
Colorir seus olhos,
Saciar sua fome, nossa fome!
Dirigir seus movimentos,
Embriagar seu corpo!

Ao lado


Cada dia que passa é um dia a menos.

Cada hora que passa é um futuro sem passado.
Um destino sem presente.
Uma rosa sem pecado.

Borboletas sem jardins.
Ilusão sem esperança.
O futuro esta ao lado,
Mas parece não existir.

Eu queria ser um pássaro,
Pousar diante de você e
Dizer o que sinto ...

Desejaria estar despidas da timidez.
De lutar sem medo.
Minha verdade é  prosaica, arcaica e antiquada.

Faz parte do homem  fazer à corte.
Coro na tentativa lhe propor enlace.
Ter vinte segundos de coragem.

Voz de veludo,
Amor sem ilusões,
O insano sem louco.
Ah, futuro!

Páginas em branco,
Uma porta entreaberta,
Uma longa espera pela resposta,
Anestesiada pelo olhos.

Confiança


Confio a ti meu coração.
Confio em ti em silêncio.
Você que nunca me beijaste,
Você que nunca me tocaste.

Uma miragem nos meus dias,
Um sonho sem fim.
Uma realidade equidistante.
Um cruzamento de vidas.

Fonte de inspiração.
Cumplicidade acontece.
A direção pode ser a mesma.
Um milagre pode nascer.

Necessito da sua certeza,
De palavras ditas com ternura.
Ansio por segurar a sua mão.
Confio em ti e quero que confie em mim.

quarta-feira, agosto 15, 2012

Veredicto como verdade.


Qual o significado da verdade ?
Pode uma realidade representada
Ou então ser fiel a sua origem natural.
Um paradoxo?
Uma teoria ...

Imutável, incorruptível, infalível ...
O certo se faz sincero ?
Há uma verdade na sinceridade?
A verdade não fere seus ideais morais.
Não perturba outrem.

Diversos significados para uma palavra.
Está no caráter.
No modo de apresentamos nossos valores;
No respeito.
Na constância de palavras.
Causar efeito em sua totalidade.

Uma realidade imaginária.
Verdade como percepção mutável.
Não há uma verdade somente.
Existe o conhecimento relativo.
A verdade 'absoluta' de cada um.

Crer ser o portador da verdade.
Primitivo juízo humano.
Sem compreensão perceber o outro e sua emoção.
Geram mistério,
Criam uma linguagem própria.

Pragmatismo?
Uma verdade feita emoção,
Forjada no fogo.
Filosofia praticada por poucos.

Afirmação de atos e ações.
Presente em sua essência.
Concebida em suas crenças.
O uso de seus pensamentos transformados em ações.
Verdades teóricas,
Predicado de vários sujeitos.

A verdade ?
Esta dentro,
Esta fora de nós.
Está em não atrairmos a nossa própria essência.
Em sermos digno como uma ração

Colorir

Quero me soltar em seus braços,
Passar os dedos em seus cabelos,
Acariciar sua nuca,
Ouvir sua respiração.

Descansar em sua boca,
Perder os sentidos,
Pintar uma nova aquarela,
Adormecer e despertar em seus abraços.

Hohe Minne

Amor cortês,
Amor real,
Enalteça seu amor,
Pratique o romantismo.

Atração e essência.

Um desejo erótico,
Um desejo espiritual,
Sublime é o amor.

 Amour courtois!

Haja de forma corajosa e honrada.
Seja nobre e verdadeiro.
Seja o gentil enamorado.

Proteja seu amor, sua donzela,

Acrescente cortesia,
Confesse seus sonhos.
Uma forma mística.

Amor poético,

Com páginas reais.
Apaixonar-se em três acordes.
Aprender, ensinar a rara beleza de amar.




Partir

Quero fugir para uma ilha,
Ver a natureza matutina,
Paisagens para alma.
Descanso para olhos.

Acenar para o mar.
Dar bom dia ao Sol.
Ver a serra no horizonte,
Uma janela de imaginação.

Um canto a beleza,
Um sonho,
Fuga da realidade.
O silêncio das ondas.

Dar boas vindas ao luar.
Intimidade fugaz.
A areia combina com ar,
Os elementos de espelhos.

Penso em fugir,
Me abrigar em seus prazeres,
Escrever na areia as tristezas,
Contar-te meus segredos.

Fugir de tudo,
Fugir das tristezas,
Fugir da babilônias,
Fugir para felicidade!

terça-feira, agosto 14, 2012

A Côrte.


Eu queria ser um pássaro,
Pousar diante de você e
Dizer o que sinto ...

Desejaria estar despidas da timidez.
De lutar sem medo.
Minha verdade é  prosaica, arcaica e antiquada.

Faz parte do homem  fazer a côrte.
Coro na tentativa lhe propor enlace.
Ter vinte segundos de coragem para expor.



Pourquoi aimez-vous ?





I want a perfect union.
Screw in your body to sleep.
We are not a variable.
We are the perfect equation.

You stole my thoughts,
heart
emotion,
Then kidnap my body.

Handcuff me,
I steal for you,
Engage the union.
Numb the five senses.

------------------------------------------------

Je veux une union parfaite.
Visser dans votre corps à dormir.
Nous ne sommes pas une variable.
Nous sommes l'équation parfaite.

Vous avez volé mes pensées,
Coeur,
Emotion,
Puis enlever mon corps.

Me mettre les menottes,
Je vole pour vous,
Engager le syndicat.
Numb les cinq sens.


Te amo, I love you, Je T'aime ...


Te amo por seres o que é!
Te amo pois vejo o que não vês,
És especial,
Ès, menino!

Faz molecagem.
Tem gestos de carinho,
Um coração generoso.
Um parceiro perfeito para mim.

Te amo pois tenta esconder sua preocupação,
Te amo pois me irrita,
Implica até fazer rir!
Amo pelo caráter.

Te amo porque meu coração querer.
Te amo porque é simples.
Te amo pela alegria que envolve nos meus dias.
Te amo pela felicidade pode que podemos ter.

Escassez (m)

O corpo está fraco.
Falta alimento para nutrir o corpo,
A alma passa fome,
As veias estam com sede.

O coração pulsa vagarosamente.
A mente não tem mais forças,
Órgãos fraquejam ...
O corpo pede,

Me alimente, me alimente.

Me traga a vida,
Quero a esperança,
Quero colo seu
Proteção

Comida farta,
Carinhos que transbordam,
Sustento meu,
Que pode saciar a minha fome.



segunda-feira, agosto 13, 2012

Peregrina

Rasos olhos,
Pés que flutuam,
Entregar-se ao sol
Beija a lua.

Compasso no céu traçado,
Quimera profunda.
Sonho de verão,
Fantasia de um dia.

Devaneio de nuvens
Sobrevoo os marés,
Passo os pés sobre as ondas,
Molho os cabelos;

Pintura de paisagem.
A areia é fina.
O tempo já não existe;
E pensamento se movimenta.



Fala

A língua enrijece.
Os músculos contraem-se.
As mãos soam.

Coração palpita,
O chão se perde,
A visão embaça,
A fala fica muda.
O olhos permanecem brilhantes.
As pernas ainda estremecem.

Tímida permaneço calada.
Na imaginação fica a sensação do toque,
Um abraço que não me deixa fugir.

Ser a sorte,
Uma refém em entre seus braços.
E fala então por dita.

Unidas e fortes.




Lembrança

O ato de escrever,
De descrever emoções,
Compartilhar emoção,
Marcam o papel.

Simples ação,
Dedos que falam,
Olhos declamar,
Lábios que tremem.

Letras surgem,
A imaginação pode se perder.
Mas, emoção de olhos 
Nunca irei esquecer.

Filiação

Um desejo com prazo de validade,
Uma sensação que pode não acontecer,
Um ser que pode não ser criado,
Emoção que podem não serem vividas.

Orientações que iriam se perder,
Não haverá olhos semelhantes aos seus,
O sorriso se perderá.
Uma vida não gerada.

E sonho pode se perder.
Geração após geração.
Se enlace morrer,
E um anjo não nascer.

Mesa de sentimentos,
Almoço de união,
Sobremesa infinitas,
Domingos celestiais,

Somente a você presenteio,
O anjo,
Filho do Sol,
Filho da Lua!


Corpo Estranho

O amor é uma palavra em movimento,
É verbo,
É hábil, 
Mexe-se leve e delicado.

Gera a impulsão,
Gera o inexplicável,
Liga-se a respiração,
Exala pelos poros.

Sua matéria desconhecida,
O espelho fiel e destemido,
Arde como fogo,
Jorra feito água pelas veias.






domingo, agosto 12, 2012

Te ver, te amar ...

É o principio de tudo.
É compreender os sentimentos,
É viver sonhando,
É sonhar amando,
Acreditar que tudo é verde,

Enquanto lhe mostram o azul
E o mar estará presente na neve.


É a chuva caindo,
São melodias de músicas,
Música ruim em seus lábios gera minha alegria,
São as flores se abrindo,
Os pássaros cantando e fazem ninho.
Tempestade rolando
E você achando tudo colorido
Amar você é quase nada
É Verdades e mentiras
É a vida que caminha
É a natureza sorrindo,

O destino querendo.
E o universo unindo!


Amar você é o que me faz viver,
É que me faz voltar,
É que me dá força,

Me anima,
É o que me faz sofrer quando seus olhos estão triste.
É crer no impossível.
É chorar sem querer!
Amar você é ser feliz
É querer beijar-te sem parar
É sorrir, cuidar, proteger, respeitar e amar
Amar você é ser cúmplice,
Estar loucamente inserido no seu mundo.
É caminhar entre as nuvens,
É voar sem ter asas,

É o que me faz querer
Ter apenas você.

Seu Sorriso

Seu sorriso abre as estações
Seu sorriso é um botão que desabrocha diante de mim.
Seu sorriso faz o tempo parar.
Seu sorriso abre as portas infinitas,
Me faz sonhar desperto
Com intensas paixões,
Seu sorriso é a esperança.
Estão definitivamente perdidas
Na sombra de tua beleza.


Uma rosa que que se abre,
Primavera de mil encantos,
Inverno de carinhos e doçura,
Outono de aquecimento,
Uma constelação para meus olhos,
Ele tem o dom da hipnotização.
Tranquiliza minh'alma agitada.

Dá asas a imaginação,
Enche o meu peito de alegria.
Um mundo de sensações
Uma explosão química,
Seu meigo e adorável sorriso.
Esperança de riso multiplicado.


sábado, agosto 11, 2012

Atrevido

Atreva-se a olhar,
a cheirar,
a falar,
a causar emoção
Não siga manuais,
Seja sincero,
Atreva-se a apaixonar,
Deixe-se tocar.
Torne público o mistério.
Divulgue o segredo.
Tire a roupa.
Grite, balance,
Cante, dance, brinque
Brinde com olhos!
Seja um menino levado,
Eleve o ângulo dos sentidos. 
Traga meu lado travesso.

Rosto


Quero tocar em seu rosto,

Sentir a sua pele,
Descobrir a sua face.
Contornar sua boca.

No peito quero encontrar o abrigo,

Pelo tato quero sentir os seus músculos,
Subir e descer,
Como se fosse uma planície a me abrigar.

Quero me perder sua geografia, 

Dançar sobre seu corpo
Àgua viva, que queima, que arde, que marca!
Será  o meu rochedo.
Suas pernas uma fonte rigida,
Olhos ensolarados.

O meu ventre será seu,

O meu peito,
Mergulhados nas ondas,
Descobrindo a oceanografia;
Recolher seus profundos suspiros.

Estudar-te, quero!

Estudar a mente,
Estudar o corpo,
Estudar a alma.
Ver e estar em todos os seus continentes.

O segredo do seu vulcão,

Beijar-te até perder a consciência, 
Cativar sempre,
Cultivar até que dure!








Argumentos*



Meia luz de encontros,
Desejo-te com lábios molhados,
Uma boca com sede,

Corpo de fogo,
Amor fundido.
O silêncio sai da rotina.



Abraços, beijos e mordidas.
Liberdade entre as paredes,
Gritos na carne,
O cheiro da pele arrepia.
Enrosca os pelos.
Sentir o seu coração em disparo.
Suas pupilas dilatam.
Dedos que percorrem o corpo e
que chegam em suas coxas.

Sejamos a fúria da  natureza,
A tempestade em alto mar.

Uma correnteza entre os lençóis.
Água de prazer.


Quero seus olhos cheios de estrelas.
Seu corpo quente como o sol,
Salgado feito o mar.
Marcar seus ombros, 
Desenhos de um imenso amor,
Um louco e ardente amor a noite e no dia embriagar-se  nesse doce mar de amar.





















sexta-feira, agosto 10, 2012

Caminho

Salvador Dali
Somos sonhares,
Temos ilusões.
Construímos castelos,
Somos resistentes,
Somos amigos,
Perdemos  o credo.
Temos emoção,
Somos coração.
Queremos a plenitude,
Queremos a calmaria,
Modernidade para impressionar,

Sermos delicados,
Delicadeza no imaginário,
Gestos como expressão.
Sermos acessíveis,
Nos encontrar, encontrado somos!
Dividir as emoções,
Multiplicar o conhecimento,
Espelhar o sorriso,
Secar as lágrimas.
Somar vidas.



quinta-feira, agosto 09, 2012

Destino

Quando eu vim para esse mundo,
Já sabia que nossas vidas iriam se cruzar novamente.
Na areia fina,
No pôr- do- sol entre os mares.
No fogo que une,
Perante as rochas que batem as ondas.
Feito barco a deriva de porto.

Pulsa o coração,
Jorra a emoção,
Medo de lhe perder novamente.
Quero ter a segurança,
Em seus lábios,
Ter as noites em seus braços,
Sentir seu cheiro,
Passar a mão em seus cabelos ao amanhecer.
Compartilhar a vida até o último suspiro da alvorada!

D'amore!

Violar sua face.
Violar seu olhar.
Desmistificar que a entrega não vale pena.
Dizer que te amo, dia e noite!

Penetrar seu particular.
Invadir seu dia.
Ficar radiante ao longo das horas.

Vinte quatro horas de amor verdeiro,
De entrega, 
Na compreensão de seu eu.

Amor com devoção.
Sem omissão.
Amor explicito,
Amor  companheiro.

Simplesmente amor!
Então, não perca
Agarre, 
Fale com todas as letras.

Amor, meu simples amor!

terça-feira, agosto 07, 2012

Rasos

Choras como por brincadeira,
Rasos olhos de água.
Cúmplice sou de seus segredos.
Seu colapso me enfraquece.
Sua falta de alegria não deixa o sol entrar.
O coração comprimi e reprimi.
Alegria e compasso,
Voltam somente quando teu lamento dispersar.

sexta-feira, agosto 03, 2012

Lenda


Doce inocência presa.
Invadida pelo suas maravilhas.
Lenda de meus sonhos ...


Compartilhados são os  sorrisos descomprometidos.
A sensualidade no seu corpo.
O movimento que ele faz ...


Atravessar a soleira de nossos desejos.
Não seremos oxidados com velhas ideias.
Cocegas na língua  e o  frio no ventre que me trás.

Confessar

Tenho uma confissão.


Não suporto viver com sua alegria.
Não gosto de seu cheiro.
Tão pouco de estar junto a ti.


Não quero que me beije.
Não quero tuas ilusões e sonhos.


Te conheço mais que a mim.
Desconheço seus valores.
Me deixe ficar sem sua voz.


Nunca, nunca  deixe o vazio de tua presença nesse lugar.
Pois não suporto os flash's de sua presença a lembrar.



Agnam

Sua cor inexplicável
Retiro a casca
Enrosco-a sob meus dedos
Vejo sua cor
Seu corpo suculento
Água na boca.
Enfim delicio-te!
Me rendo a sua influência e seu aroma.
Seu gosto incomparável
Oh, minha manga verde!
Como-te  e sugo-te até o caroço!

Nebulosa

Na tua boca o mel e o fel.
Magnético são teus olhos.
Sua fluidez, desenvoltura.
Oh, prazer da simplicidade!
Insolarada é sua vida.
Afogados na incerteza estão teus pensamentos.
Teu amanhã esta presente.
Buscas cuidado, proteção e afeto.
Única é tua presença que faz-se presente na minha atmosfera.

quinta-feira, agosto 02, 2012

Sim, será a resposta.


Sentimento oculto,
Face oculta.
Olhos que dizem algo ...
Olhos que ardem,


Emoção em gestos.
Em detalhes,
Particulares pequenas.
Imenso coração.


No corpo e mente prevalece a incerteza.
Por que existe a dúvida ?
Por que existe a insegurança ?
Deixe o medo de lado.
Expresse o real.


SEJA FELIZ!


Flutue na realidade.
Imerja em outrem.
Pule ondas de alegria.
O mar está presente.


Ataque! Surpresa!
Surpreenda!
Pegue firme.
Enrosque com braços,
Não solte, 
Prenda e jamais solte!

Artefatos

Arte em fazer arte.
Arte em no esquecimento.
Arte no equilíbrio.
Beleza da arte faz parte.
De emoções revoltas.
Um cálice da expressão.

Lúdica imaginação.
Enigmáticos são teus artistas.
Desejos que emergem.
Segredos entre as linhas.
Secreto sentimento.

Arte no dia.
Obra na noite.
Simplicidade habitada.
Festejar a naturalidade.
Ser original, autêntico,verdadeiro, espontâneo ...
È uma arte.
Arte em amar,
Arte em viver,
Arte para fazer parte de uma obra de arte!